Fotografia © Sarah Shakeel

Nós, mulheres, somos bastante exigentes com o nosso corpo. Queremos sentir-nos bem, estar em forma, alterando para isso a alimentação, o exercício físico, a rotina. Mas, se há uma coisa de que não nos conseguimos facilmente livrar, uma vez que ela se instale no nosso corpo, são as estrias.

Sarah Shakeel, que era uma dentista, é hoje fotógrafa e artista. E, na sua conta de Instagram com mais de 245 mil seguidores, descreve assim as suas criações: “Cada fotografia cura uma parte de mim e espero que cure uma parte vossa também.”

E este é um exemplo disso. Procurando encorajar as mulheres a sentirem-se bem com o seu corpo, a artista decorou as estrias do corpo com glitter — muito brilho e cor —, expondo, assim, orgulhosamente as suas imperfeições.

“Tenho de ser sincera”, confidencia no seu Instagram. “Mesmo antes de as publicar, estava a pensar por que motivo se iriam as pessoas interessar no meu conceito de adornar as estrias com glitter e cristais. Meu deus, estava tão enganada!”

Não só o seu trabalho foi divulgado na revista Cosmopolitan, como Sarah tem recebido imensas mensagens desde então — incluindo de homens, que lhe pedem para fazer o mesmo com as suas fotografias.

Acompanha o trabalho da Sarah aqui.

☆ ☆ ☆

Fotografias + Fonte | Sarah Shakeel

Gostas do que leste?

Pinkdialogues perfil04 copy

Para saberes sempre quando um novo artigo é publicado, subscreve a minha newsletter!

Não divulgarei o teu e-mail a ninguém. Powered by ConvertKit
PARTILHAR
Previous article9 dicas para uma vida mais feliz
Next articleSonhar é importante
Criativa digital. Designer, ilustradora e licenciada em Comunicação. Freelancer. Algarvia de gema a viver em Londres. Fascinada por cores, aromas doces e cidades grandes. Curiosa e uma sarcástica incurável. Autora do site e do livro «Apetece(s)-me», que falam de amor.

2 COMMENTS

  1. Muito interessante!
    Um incentivo para nos valorizamos antes de ficar a lamentar por algo que nos parece menos lindo e que pensamos nos pode tornar deselegantes ou feias!

O QUE ACHAS DESTE ARTIGO?

Escreve o teu comentário
Insere o teu nome aqui