Este é o meu primeiro texto de 2018. E aqui, no DailyPink. Por isso, vou aproveitar para escrever sobre isto mesmo: sobre mim, sobre este novo ano e este novo desafio.

O início de tudo

Quem me conhece de outras andanças sabe que sou a autora do apeteces-me. Criei-o por brincadeira, num impulso, em 2014, porque me apetecia voltar à escrita e escrever sobre o amor. Fazê-lo trouxe-me coisas boas. Entre elas, um espaço meu onde chego aos outros, pessoas fantásticas, um livro e o desafio de criar e manter um projeto sozinha durante mais de 3 anos. Também fui à televisão, à rádio, e fiz uma exposição das minhas ilustrações em Coimbra. Apresentei o meu livro no melhor espaço de todos, na FNAC da Baixa-Chiado, e despertei a atenção de mais de 130 mil pessoas, que me seguem na página de Facebook. Fiz amizades para a vida.

Sou uma privilegiada por todos estes eventos que permiti que acontecessem, quando decidi arriscar e criar algo de raiz, dedicar-me e acreditar que cada pedacinho de dedicação teria uma recompensa. E teve. Da que se mede em emoções, pessoas, experiências.

Uma mudança grande

Mas, e porque há aqui um mas, se sentia que estava a escrever os textos certos para o apeteces-me, havia muitos momentos em que me apetecia escrever coisas diferentes. Isto porque o início do apeteces-me também coincidiu com uma mudança grande na minha vida: ter deixado o meu país e viver, pela primeira vez, em Londres.

Já lá vão quatro anos. Sempre de máquina fotográfica em punho. Quatro anos de vontade de partilhar com os outros algumas descobertas, como um lugar bonito, um hábito característico, um restaurante, uma viagem mais marcante. Parte dessa vontade vem do meu gosto genuíno por relatar factos e experiências em jeito de reportagem, ou não me tivesse eu licenciado em jornalismo, mas a outra parte vem da noção plena de que esta é uma experiência irrepetível. Um dia, regressarei ao meu país e as memórias apagar-se-ão com o tempo. Logo as minhas, que sou uma verdadeira Dóris no que diz respeito a decorar nomes de sítios e de pessoas, datas e acontecimentos. Por isso, a vontade de escrever sobre esta experiência é também a minha forma de lutar contra o tempo.

E de contribuir para dar a conhecer um lugar fantástico, que até poderá vir a ser o vosso próximo destino de férias ou, como no meu caso, a próxima casa.

Um pouco de tudo

Mas não é só sobre Londres que quero aqui escrever, nem apenas sobre as viagens constantes que faço para Lisboa, Porto e Faro. Porque, além de aqui viver, também sou mulher, filha, algarvia, designer, ilustradora, curiosa, e há uma infinidade de outras coisas na vida e no mundo para partilhar. Coisas simples do dia a dia e outras menos simples, mais existencialistas.

Um desafio diferente

Assim sendo, este é o meu novo desafio: escrever sobre estes temas todos neste novo espaço. E gostava de o fazer quase diariamente, daí este ser o DailyPink. Mas há aqui um mas. É que este projeto — ao contrário de outros que lancei online, como o apeteces-me, a plataforma Desafio-te, as minhas lojas online — vai ser intenso, mas curto. E até já tem uma data de fim marcada.

Porquê? Conto-vos tudo no meu próximo artigo.


VAMOS CONVERSAR! Quais são as tuas resoluções para 2018? Partilha connosco nos comentários abaixo!

☆ ☆ ☆

Fotografia | Nuno Abrantes

Gostas do que leste?

Pinkdialogues perfil04 copy

Para saberes sempre quando um novo artigo é publicado, subscreve a minha newsletter!

Não divulgarei o teu e-mail a ninguém. Powered by ConvertKit

O QUE ACHAS DESTE ARTIGO?

Escreve o teu comentário
Insere o teu nome aqui